Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

 

Natal no Algarve

As celebrações do natal no Algarve iniciam-se a de 8 de Dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição, com o “deitar dos trigos”. São sementes de cereais colocadas em vasos para formar as searinhas, que vão enfeitar os presépios ficando estes até ao dia de reis, celebrando as charolas e janeiras. A tradição natalícia obriga á encenação do nascimento de Cristo. O presépio “ serrenho” é comum em localidades do interior algarvio. A construção do presépio é armado em escadaria e no cimo é colocada a imagem de Jesus, em pé, o trono é enfeitado com panos de linho bordados, searinhas e cestos de laranja e flores. O presépio é de origem franciscana. Nas cidades o menino é deitado num berça de palha, sendo utilizado musgo, pedrinhas e cortiça, figuras de barro e uma estrela no cimo da árvore de natal. A família reúne-se para a ceia da consoada, onde não falta o bacalhau acompanhado de couve portuguesa e batatas cozidas temperadas com azeite. Os pescadores costumem comer polvo.
Em Olhão come-se guisado de leitão; na serra, a galinha cerefada.
Os doces tradicionais são: as filhoses com o doce de chila, fatias douradas, doces de amêndoa, as laranjas e frutos secos, também são tradição a aguardente de medronho ou de figo.
 Entre o dia 25 de Dezembro e 6 de Janeiro cantam as janeiras. Outra tradição do natal algarvio é os grupos de charolas que cantam ao Deus Menino quadras ligadas ao nascimento de Cristo e aos Reis Magos.
publicado por cursodeflorista às 12:05
link do post | comentar | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29


arquivos
2009

blogs SAPO


Universidade de Aveiro